Capítulo 12

Parte 12 – No carro marquinhos olha para Cecília e se inclina para o lado dela e puxa o sinto de segurança e o engata no fecho. Sorrindo ele diz: – Prazer em te conhecer Cecília. (Marquinhos) Cecília da um sorriso irônico e fala dando risada: – O Prazer foi todo meu Marcontono. (Cecília) Marquinhos … Mais Capítulo 12

Capítulo 11

Parte 11 – No dia seguinte Cecília decide vender seus doces em outra praça para evitar encontrar com o moço que derrubou seus doces, mas nesta praça não conseguiu vender muito coisa e depois tentar umas 4 praças diferentes em uma semana ela decide voltar do centro, onde o fluxo de pessoas era grande. Cecília … Mais Capítulo 11

Capítulo 10

Parte 10 – Marquinhos olha para Daniel e pergunta. – Não é a menina que vendeu o cupcake para nos ontem? (Marquinhos) – Sim, é ela. (responde Daniel já apreensivo) – Que filha da puta! Me cobrou 50,00 reais e esta vendendo a 8,00. (diz Marquinhos apontando para placa com os preços) – Deixa pra … Mais Capítulo 10

Capítulo 9

Parte 9 – Marquinhos estava no escritório tentando se concentrar em seu trabalho, mas não consegui tirar o casamento de seu irmão da cabeça. Ele não queria ir ao casamento e não conseguia nenhuma desculpa para não poder ir e seu orgulho o impedia de simplesmente não ir. – Oi to falando com você! (diz … Mais Capítulo 9

Capítulo 8

Parte 8 – Cecília vendeu muito bem em seu primeiro dia no centro da cidade, quando voltou para o orfanato tinha vendido todos os doces, lógico que não a 50 reais, mas conseguiu fazer o dobro que fazia nos bairros próximos. No ônibus no caminho de volta Cecília começou a sentir um medo, uma tristeza … Mais Capítulo 8

Capítulo 7

Parte 7 – Chegando ao centro da cidade Cecília abre sua mesinha dobrável no centro de uma praça cercada de grandes empresas e arruma seus doces sobre a mesa. Ela sempre foi uma menina muito caprichosa e tudo que fazia era com muito amor. Todo seu material de trabalho era pintado ou encapado com tecidos, … Mais Capítulo 7