Capítulo 16

PARTE 16 –

white yacht on running on blue body of water during daytime
Foto por Pixabay em Pexels.com

– Você tem namorado? (pergunta Marquinhos a Cecília enquanto dirigi)

– Não. (responde Cecília sem olhar para Marquinhos)

– Tem alguém que você goste? (Marquinhos)

– Não. (Cecília)

– Teve alguém que você fosse apaixonada? (Marquinhos)

– Não (Mente Cecília)

Cecília já tinha gostado de alguns meninos da escola e do orfanato, mas nunca passou disto. Já teve também alguns garotos que gostaram dela, mas nunca deu em nada. Cecília era muito madura para a idade que tinha, estava todo o tempo pensando em estudo e trabalho. Desde os 13 anos de idade ela já fazia os planos dela para morar sozinha quando saísse do orfanato.

– O que você faz para se divertir? Quais seus Hobbies? Me fala um pouco de você? (Marquinhos)

– Não tem muito que dizer, eu gosto de cozinhar e não gosto de falar de mim. (Cecília)

Isto era verdade, Cecília sempre odiou falar de si mesma ou dos seus sentimentos. O único lugar que ela se soltava era na cozinha ou se arrumando na frente de um espelho. Cecília podia falar por horas de vários assuntos, mas era só começarem a fazer perguntas pessoais que ela logo se esquivava e dava um jeito de sair.

– E você? O que gosta de fazer? (Cecília pergunta antes que Marquinhos faça qualquer outra pergunta)

– Eu gosto do meu trabalho, gosto do que faço. Mas quando quero relaxar eu gosto de veleja. Minha família tem um barco, de vez em quando eu gosto de sair sozinho com ele. Mas a maioria das vezes que saímos de barco vaia família toda. (Marquinhos)

– Legal! Deve se muito relaxante velejar, ate imagino. (Cecília)

– Você gosta de barcos? (Marquinhos)

– Eu gosto da ideia de um passeio de barco relaxante. Mas nunca nem pisei em um barco para saber. (Cecília)

– Você tem horário para chegar no orfanato? (Marquinhos)

– Não. (segunda mentira do dia)

Sim Cecília tinha hora para esta de volta no orfanato, mas já tinha passado da hora a muito tempo, então resolveu aproveitar um pouco mais da noite, afinal em 10 dias ela nem estaria mais morando no orfanato. Era a primeira vez que Cecília quebrava uma regra do orfanato.

– Então vamos descer para o porto. Vou te levar para dar uma volta de barco. Você vai gostar! (Marquinhos fala sorrindo)

Continua….

_______________
sexta tem mais! beijos..


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s